Prejuizo Econômico ao Aspargo:

Besouro do Aspargo

larva do besouro

besouro adulto

ovos

Existem duas espécies de besouros que atacam e provocam prejuizo econômico ao aspargo. São o besouro comum do asparargo (Crioceris asparagi - Linnaeus) e o besouro manchado do aspargo (Crioceris duodecimpunctata - Linnaeus). O besouro comum é o mais difundido das duas espécies.

Besouro Comum do Aspargo

Descrição:

O besouro comum mede ¼ de polegada (aprox. 6,35 mm), tem a cabeça de cor preta azulada, pernas e antenas tingidas de verde, o torax é avermelhado e as coberturas das asas são marcadas com manchas amareladas e bordas avermelhadas. A larva deste besouro é cinza escuro tendendo ao verde oliva com pernas e cabeça pretas.

Dano:

Tanto o besouro adulto quanto a sua larva danificam as plantas de aspargo. Logo após o inverno os adultos emergem do solo e começam a se alimentar dos brotos tenros em crescimento. Os besouros fazem furos nos brotos ao se alimentarem o que provoca uma descoloração marrom do tessido da planta. As larvas alimentam-se das pontas dos brotos mais tenros e da folhagem. O crescimento da planta fica seriamente reduzido e o desenvolvimento das raizes cesa ocasionando uma diminuição no tamanho e na qualidade da colheita.

Ciclo de Vida:

Os besouros adultos sobrevivem ao inverno em lugares cobertos como pilhas de lixo orgânico e restos de podas da própria plantação de aspargo. Os besouros emergem de seu esconderijo para se alimentar assim que os primeiros brotos de aspargo apontam na superfície. Pouco tempo depois depositam seus ovos nos brotos tenros de aspargo. Os ovos tem aparência alongada, oval e são depositados de forma unitária ou em filas de 2 a 8 ovos. Com o passar da temporada os ovos passam a ser depositados nas folhas e nos caules das flores do aspargo.

Os ovos eclodem num período de 3 a 8 dias e as larvas recem nascidas se alimentam dos brotos mais tenros. Quando as larvas madurecem, caem ao chão e constroem um cazulo de terra onde se transformam em lagartas pálidas e amarelas. Os besouros adultos emergem dessas lagartas. Dependendo do clima podem haver 2 ou mais gerações de besouros por ano.

Besouro Pintado do Aspargo

Descrição:

O besouro pintado é um pouco maior e mais robusto que o besouro comum. Os besouros adultos tem coloração laranja avermelhada, antenas olhos e inferior do torax de cor preta. Cada cobertura de asa tem 6 mancha pretas distintas.

Dano:

Este besouro é mais prejudicial no início da temporada quando ataca as pontas dos aspargos em crescimento e algumas vezes come os brotos dos aspargos mais recentes. Os besouros também se alimentam da folhagem do aspargo comendo areas irregulares. As larvas causam pouco dano pois se alimentam dentro dos frutos do aspargueiro.

Ciclo de Vida:

Os besouros adultos resistem ao inverno em pilhas de lixo orgânico. Este besouro sai de seu abrigo uma semana depois do besouro comum para se alimentar dos tenros brotos de aspargo. Os mesmos só depositam seus ovos até o início da florada, mais ou menos 3 semanas depois de haver emergido. Os ovos são depositados de forma unitária e frequêntemente em aspargueiros com frutos. O ovo é 1/25 de polegada de comprimento, de coloração marrom oliva e preso à folha por um de seus lados. Os ovos eclodem num período de 7 a 12 dias, são de cor laranja amarelados, e as larvas tem cabeça e patas pretas. A larva acha um fruto e penetra nele no fnal da florada. Dentro do fruto este se alimenta da semente e pode atacar 3 ou 4 frutos antes de madurecer. Quando chagam à maturidade caem ao chao presos por um fio de seda e constroem um cazulo sob a superfície do solo.

Manuseio:

Cortando os brotos de aspargo de forma limpa e um pouco abaixo do nível do solo todos os dias pode vir a remover os ovos do besouro comum, mesmo antes que a larva se estabeleça em algum lugar da plantação. Em pequenas plantações, remover e destruir os frutos dos aspargueiros pode ajudar a controlar o besouro pintado.

Quais quer dos inseticidas, carbaryl (Sevin), malathion, methoxychlor ou rotenone, pode ser usado no controle do besouro. Aplique o inseticida assim que o besouro aparecer. Aplique quantas vezes quiser sem que o período de aplicação seja inferior a 3 dias. Mantenha a conta da quantidade de dias até a colheita antes de aplicar quaisquer pesticidas à cultivos comestíveis.

line.gif (206 bytes)
Direitos autorais © 2000 Calusne Farms™ - Brasil. Todos os direitos reservados.